+55 63 98407 4675

contato@araguaiapesca.com

A isca sensação da última temporada Amazônica


A Destroyer é uma isca de meia água, com 11,5cm e 18g, lançada em Julho de 2018 bem no início da temporada amazônica 2018 / 2019 que está se encerrando agora em Fevereiro 2019.

É fabricada em plástico ABS de alta resistência, com pitões e garatéias (VMC nº2 / 3X) reforçadas, além de olhos 3D e cores atrativas. Foi desenvolvida em parceria com o grande pescador Eduardo Monteiro, apresentador do programa Pura Pesca, da FishTV, possuindo diversos diferenciais.

Um dos diferenciais, é o fato de a Destroyer ser uma isca de meia água, mas não possuir barbela, o que evita perdas de iscas, pois as iscas de meia água convencionais ao se chocar com árvores, troncos, pedras, pilastras e barrancos podem ter suas barbelas quebradas, inutilizando a isca, o que não acontece com a Destroyer.

Outro diferencial dela é o sistema de transferência de peso que faz com que as esferas internas se movam para a traseira da isca na hora do arremesso, ganhando maior distância. Então quando ela começa a ser trabalhada, as esferas se movem para a cabeça, atingindo maior profundidade no nado, buscando o peixe em uma área maior.

Porem, para o Eduardo Monteiro, o maior diferencial da Destroyer é o rattlin (chocalho) estridente que ela tem, principalmente quando é trabalhada com toques curtos e secos de ponta de vara. Isso, na opinião do Eduardo é o que torna essa isca tão produtiva, mesmo nos dias mais difíceis de pescaria, pois como ele mesmo diz, “a Destroyer chama muito peixe”.

O trabalho da isca é muito simples, podendo ser feito com recolhimento contínuo, que imita uma presa em fuga, e pode chegar a 1 metro de profundidade. Ou trabalhando como citamos acima, com toques de ponta de vara, que causam maior vibração e chocalho do rattlin, atraindo mais a atenção dos predadores, tornando a pescaria mais produtiva.

A Destroyer foi desenvolvida para ser uma isca versátil, que pudesse ser utilizada em água doce ou salgada, seja em rios amazônicos ou de corredeiras, represas, lagos, no litoral, costeira e até em pescarias oceânicas.  Os principais peixes que ela pode capturar são Tucunarés, Dourados, Cachorras, Bicudas, Traírão, Robalos, Anchovas, Sororocas, Xaréus, Cavalas e etc.

Nos testes realizados em sua fase protótipo, antes do lançamento da isca, ela foi utilizada nos Tucunarés e em pescarias costeiras, pois possui cores para as duas situações de pesca e se mostrou efetiva em ambas.

Porem ela se notabilizou na pescaria dos Tucunarés amazônicos, sejam os Açus (cichla temensis), Pacas, Vazzolleris, Pinimas, Tyrorus e etc. Ao longo dessa temporada que está se encerrando, ouvimos muitos relatos de pescadores que pegaram muitos Tucunarés com ela, ou que pegaram o maior peixe da pescaria nela, que ela fez a diferença em um dia ruim e até alguns pescadores que disseram que “a Destroyer salvou minha pescaria”.

Texto: Vinicius Buratin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *